Petição pela humanização da pessoa inumana

asa

Pessoa inumana, foto tirada daqui

Os direitos fundamentais da Pessoa Humana estão consagrados na Carta Universal dos Direitos da Pessoa Humana, documento fundamental para todas as pessoas humanas do planeta. Porém, nem todas as pessoas estão abrigadas pela reconhecimento e protecção deste documento, nomeadamente as pessoas inumanas.

O documento complementar, a Carta Universal dos Direitos das Crianças, pressupõe, mais uma vez, que todas as crianças são pessoas humanas, coisa que à luz dos conhecimentos sócio-políticos mais recentes sabemos não corresponder à verdade.

Assim, os signatários solicitam a alteração da designação “Pessoa Humana” para “Pessoa ou Não, Humana ou Inumana”, como forma de eliminar a intolerância e discriminação entre todo o tipo de pessoas e não-pessoas. Os termos da petição são estes:

  1. Substituição do termo “Pessoa Humana” por “Pessoa ou Não, Humana ou Inumana” em todos os documentos oficiais da República Portuguesa, Regiões Autónomas e Administração Local.
  2. Substituição do termo “Pessoa Humana” por “Pessoa ou Não, Humana ou Inumana” em todos os manuais escolares até 2015.
  3. Campanha nos media, orçamentada entre 2 e 7 milhões de euros, para a sensibilização do termo “Pessoa ou Não, Humana ou Inumana”.

Os signatários

Manuel Parreira, Blogger e pessoa bloqueada por João Pinto e Castro
Manolo Parreira, ISCTE
Manuela Parreira, socióloga
M. P. A. R. R. Eira, investigador e biógrafo de revolucionário
Manuel P. Arreira, cozinheiro, activista e historiador
Manuelito Parreirito, actor de televisão
Mañuel Parrieirya, ISCTE
Jacinto Leite Capelo Rego, pessoa que assina coisas
Manu Par Reyra, geografo, estudante e músico
Manuela Pereira Parreira, psicóloga e politóloga

ISCTE, 14 de Abril de 2013