Parem de criar instabilidade que eles podem ver

Na Europa eles não sabem nada do que aqui se passa. A nossa rede de internet está fechada – em Vilar Formoso já não se apanha nada. Nem jornais. Agora, se vocês começam a dizer que há uma crise e um turista que perceba a língua ouvir, pode ir dizer-lhes. A bem da nação convinha não deixar entrar turistas que saibam português.

Agora continuem a culpar os nazis, mas baixinho. É que eles podem mesmo ouvir e aí estamos tramados.

Protejam os mercados. Enquanto eles não ouvirem pode chover mais algum.