O que une Abrantes ao poder da capital, à revolução cubana, a Grândola e a sexo ilícito?

O mal, o puro mal

O mal, o puro mal

Eu avisei.