Este post mata fascistas

Nem por isso. Aliás, a ideia de matar fascistas parece bastante fascista, criando assim uma espiral recessiva de mortandade fascista desnecessária.

Na realidade, e por falar em mortandade desnecessária, hoje é dia de Prós e Contras, aquele programa que tenta arranjar soluções para os problemas que quem não tem problemas sente que tem.

Fecha-se assim o ciclo e unem-se duas ideias: não há melhor maneira de matar fascistas do que deixar que conversem entre eles.

Nota: não sei quem são os convidados – estou a julgar pelo historial do programa. Hoje podem até ser pessoas inteligentes.