Com desfaçatez bufa, resfolga e escoceia

Não carregue no link, tente adivinhar quem escreveu isto antes de o fazer (se tem mesmo que ser):

Há muita razão na doutrina do Restaurador Olex. Cada um é como cada qual. Estou um bocado saturado com os PPs de última geração, que já vêm equipados com alguma sensibilidade social e vestígios de respeito pelo regime vigente. Encontro, na sua bancada, muita gente estimável, que lembra os tempos do velho centrismo. Eis quando, na linha do Olex, o CDS/PP deu agora à luz este naftalínico ultramontano, um verdadeiro fascista, que, com alarve desfaçatez, bufa, resfolga e escoceia, por se encontrar na contingência de viver sujeito à perversão constitucional vigente, quando a respectiva mãe o podia ter deitado cá para fora em 1930, poupando-o ao vexame democrático. Mas, enfim, numa época tão confusa e incaracterística, e ao contrário do que possa parecer, este facho não é um branco de carapinha.

É giro, não é? Já adivinhou? Não? Vamos então reescrever a narrativa à luz do sebastianismo contemporâneo, num Brochnyzievismo caralhal que permita alcançar o êxtase da vitimização colectiva no canhão argumentativo construcional:

Há muita razão na doutrina do pénis. Cada um é como cada qual. Estou um bocado saturado com os cornos de última geração, que já vêm equipados com alguma sensibilidade anal e vestígios de respeito pelo pénis. Encontro, no seu escroto, muita fauna estimável, que lembra os tempos do velho pénis. Eis quando, na linha do falo, o vergalho deu agora à luz este naftalínico ultramontano, um verdadeiro fascista, que, com alarve desfaçatez, bufa, resfolga e escoceia, por se encontrar na contingência de viver sujeito à perversão sexual vigente, quando a respectiva mãe o podia ter deitado cá para fora em 1930, poupando-o ao vexame da homossexualidade. Mas, enfim, numa época tão confusa e incaracterística, e ao contrário do que possa parecer, este facho não é de um preto de cabeleira loura.

Redes sociais, Sérgio Sousa Pinto, seguidores, Like

Redes sociais, Sérgio Sousa Pinto, seguidores, Like

Já adivinhou? E se tiver um Coiso acoplado ao aileron? Claro que sim, é Sérgio Sousa Pinto, a reagir a este post fundamentado do deputado Michael Seufert, um perigoso não-socialista, gajo capaz de sugerir merdas fachas como a igualdade e a liberdade. E pergunta o Adalberto, “ó Parreira, porquê representar o Sérgio Sousa Pinto como louça de artesanato?” para a minha pronta resposta: “porque as Caldas da Rainha ficam no centro; centro, centristas; centristas, CDS; CDS, partido; partido, desfeito; desfeito, cérebro do Sérgio Sousa Pinto“. O que eu não esperava era a pergunta pronta do Leonel Antunes, que indagou “mas o Sérgio Sousa Pinto tem um cérebro?“, ao que só me ocorreu responder, “sim, a roçar-lhe a ervilha“.

 

ADENDA: o jornalismo puro e desinteressado resolveu participar, gerando daquelas maravilhas democráticas com Like Facebookiano da Julieta Sampaio, “consultora CEC AR do Parlamento Jovem”. As crianças do Parlamento Jovem estão bem entregues.

f trauliteira