Agenda para o Crescimento

Em virtude do panorama sócio-económico, é imperativo encontrar consensos para o crescimento e desenvolvimento económico do país. Apresento as seguintes propostas, que creio permitirem abrir as portas para o desenvolvimento sustentado.

  1. Estabelecer linhas de comunicação entre empresas, trabalhadores e agentes da concertação social, para o estabelecimento de directivas no sentido de agilizar processos de decisão e redução de carga burocrática.
  2. Criar gabinete de apoio ao desenvolvimento humano após determinação consensual em concertação social das carências nos sectores produtivos ao nível de facilidades exportadoras de grande volume para pequenas e médias empresas de serviços locais e regionais de bens não transaccionáveis.
  3. Elaboração de estratégia a longo prazo para um plano director de princípios de boas práticas na atribuição de crédito e avaliação de projectos de grande interesse nacional, com vista a agilizar o sistema por pontos de prioridades nacionais em clusters de actividade.
  4. Intensificação das plataformas de diálogo bienais distribuidoras de recursos de informação e informatização gradual do sistema de correcção percentual de desvios na avaliação de risco do atendimento ao público.
  5. Reavaliação destes objectivos em períodos de 10 anos com ajustes necessários às eventuais alterações demográficas e sócio-culturais.