Da Demência – Estudo I

Manic Depression is the New Black

(foto alshepmcr @ flickr)

 

Os sinais de demência grave estão aí para qualquer distraído interno de psiquiatra constatar:

 

  • É o risco de fim do projecto europeu;
  • Não há solidariedade na Europa;
  • É preciso um novo paradigma;
  • A culpa é das agências de rating;
  • A Europa precisa que Portugal contribua para um Euro forte;
  • A Finlândia virou para a extrema-direita colonialista;
  • A crise portuguesa é provocada pela ganância germânica;
  • Portugal estava em pleno crescimento e remodelação antes de ser atacado pelos interesses da direita ultra-neoliberal;
  • É preciso que o Estado invista mais para relançar a economia;
  • Não devíamos negociar com o FMI;
  • Portugal não precisa de intervenção do FMI;
  • O mundo mudou (sempre que algo não nos corre de feição);
  • É a falência do modelo neoliberal;
  • Se o Brasil cresce, porque não podemos fazer igual mas sem reduzir salários e apoios sociais?
  • A coisa mais importante a passar-se na política nacional é se Fernando Nobre é troca-tintas ou não;
  • O PSD é ultra-neoliberal;
  • É preciso é esperança.

Como exercício para o leitor, tente identificar quais são sinais de transtorno delirante, transtorno psicótico compartilhado e transtorno esquizoafectivo.