O tombo de Cavaco

A sondagem publicada ontem, 18 de Janeiro, dá vitória a Cavaco Silva na primeira volta. Tal deverá acontecer apesar de as notícias publicadas não referirem a tendência verificada nas sondagens realizadas pela mesma empresa (e presumivelmente a mesma metodologia), a Marktest.

Evolução das sondagens Marktest para as Presidenciais 2011

Cavaco Silva passa de 78,3% para 61,5% (desce 16.8 pontos percentuais) enquanto Manuel Alegre mantém os 15%. A queda de Cavaco Silva beneficia não o directo opositor e sim os restantes candidatos que, no colectivo, passam de aproximadamente 4,7% (não havia valor apresentado para o candidato José Manuel Coelho) para 17,2% (subida de 12.5 pontos percentuais). Destes candidatos, quem mais beneficia é Fernando Nobre com uma subida de 8.7 pontos percentuais situando-se no empate com Manuel Alegre.

A conclusão que me parece menos abusiva desta tendência é que o eleitorado não é particularmente sensível à troca de galhardetes entre os principais candidatos.